Adesão ao MMM

terça, 05 de outubro de 2021 Voltar

Sede da CNM recebe iluminação rosa para conscientizar sobre o câncer de mama

CNM rosa 2021Durante este mês, prédios, monumentos e edificações são iluminados da cor rosa como parte da campanha de conscientização do câncer de mama. A sede da Confederação Nacional de Municípios (CNM), em Brasília, também teve sua iluminação trocada para alertar sobre a importância da prevenção e do tratamento precoce da doença, que mais mata milhares de mulheres, todos os anos, no mundo.

A CNM e o Movimento Mulheres Municipalistas (MMM) alertam os gestores locais para a importância de promover o movimento internacional de conscientização para o controle do câncer de mama. “Hoje se inicia o Outubro Rosa. O mês de reflexão sobre a saúde da mulher, chamando atenção, em especial, para o autocuidado e uma reflexão sobre a luta contra o câncer de mama”, destaca a fundadora do MMM, Tania Ziulkoski. 

“As mulheres representam um pilar da vida”, disse ao incentivar os homens a cuidarem das mulheres e de si próprios, pois para cuidar do outro é fundamental, primeiro, cuidar de si. Além de incentivar o cuidado individual e coletivo, Tania também convocou os gestores a promoverem ações direcionadas à saúde das munícipes ao longo deste mês. Ela reconhece que as ações preventivas para identificação precoce podem promover até 95% de chance de cura.

Dentre as ações promovidas pela CNM e o MMM, Bate-papo com as prefeitas de Ipixuna (PA), Graça Medeiros, e de Santo Inácio (PR), Geny Violatto. Às duas gestoras, médicas, vão debater o tema com participações ao vivo.


Campanha
Criada em 1990 pela Fundação Susan G. Komen pela cura, a campanha deve compartilhar informações e promover a conscientização sobre a doença; proporcionar maior acesso aos serviços de diagnóstico e de tratamento e contribuir para a redução da mortalidade. Isso porque, o câncer de mama ocupa a primeira posição em mortalidade por câncer entre as mulheres.

A doença é provocada por tumor maligno — alterações genéticas nas células da glândula mamária — que forma nódulo na mama, na axila ou em outras partes do corpo, em caso de metástases. Os sintomas iniciais são variados e podem incluir nódulo palpável endurecido no seio, associado ou não à dor; pele da mama avermelhada ou parecida com casca de laranja; alterações ou saída espontânea de líquido dos mamilos; e/ou pequenos nódulos no pescoço ou nas axilas.

Materiais
Segundo o Instituto Nacional de Câncer (INCA), cerca de 30% dos casos de câncer de mama podem ser evitados com a adoção de hábitos saudáveis como: alimentação saudável, atividade física, consumo moderado de bebidas alcoólicas e evitar o tabagismo passivo. Como parte das iniciativas deste ano, o Inca lança nova edição da cartilha Câncer de mama: vamos falar sobre isso?.


A publicação pode ser usada pelos gestores locais em palestras e outras atividades. De forma simples e didática, a cartilha explica o que é o câncer de mama, como identificar e como buscar tratamento para a doença. Outras dicas da CNM e do MMM é iluminar os prédios públicos de rosa, usar o laço rosa, fazer palestras ou promover debates sobre o tema. É possível envolver as secretarias municipais, os comerciantes e demais segmentos locais nas ações.



Da Agência CNM de Notícias